Por que vale a pena investir na Qualidade Digital?

Atualizado: Set 14

Nos últimos anos, os problemas relacionados à qualidade aumentaram acentuadamente em todos os tipos de indústria, em consequência do aumento da pressão sobre as empresas que englobam um maior número de componentes de software, cadeias de valor mais complexas e uma maior redução no tempo de colocação no mercado.


A garantia da qualidade tornou-se assim uma questão central na agenda da alta administração, mas os métodos tradicionais de administração da qualidade não são mais eficazes.


Para remediar os déficits de qualidade que surgiram, não é suficiente só adaptar os métodos padrão de qualidade, também é preciso implementar novas abordagens, que sejam inovadoras para o gerenciamento da qualidade.


Este é o entendimento resumido no termo: "Qualidade 4.0".


Por que vale a pena investir em garantia de qualidade digital?

Embora a produção esteja altamente automatizada devido ao aumento da digitalização, o mesmo não ocorre na garantia de qualidade. A digitalização está mudando a economia de maneira sustentável. Embora a visão da Indústria 4.0 ainda não tenha sido totalmente implementada, uma ideia básica já surgiu: soluções clássicas não são mais adequadas para processos de valor agregado digitalizados. Esse desenvolvimento também tem implicações na garantia da qualidade, que deve ser adaptada ao ambiente digitalizado.

Atualmente, o procedimento ainda é realizado manualmente. As listas de verificação mal são digitalizadas e, portanto, as quebras ocorrem com frequência.

No entanto, a digitalização apresenta novos desafios para as empresas manufatureiras. Os ciclos do produto estão ficando cada vez mais curtos e as variantes de vários e novos lançamentos devem ser mais rápidas.


Nesse contexto, o termo Qualidade 4.0 descreve conceitos que contêm métodos de teste para produção automatizada. O objetivo é que os controles de qualidade já estejam integrados ao processo de produção em andamento. Isso requer, por um lado, uma avaliação completa dos dados da máquina em tempo real e, por outro, interfaces através das quais os sistemas envolvidos possam comunicar informações sem interrupções na mídia. Isso é garantido por meio de sistemas de TI integrados, que, no entanto, devem ser protegidos contra ataques externos.


Proposição de valor e a pergunta central:

Como a Qualidade 4.0 poderá ajudar a sua organização?

Especificamente, melhorando o desempenho de colaboradores, projetos e produtos, implementando tecnologias facilitadoras, tais como IA, automação de processos robóticos, blockchain, etc. Toda nova tecnologia deve sempre ser introduzida com uma clara articulação de seus benefícios desejados.

A proposição de valor é uma declaração que explica quais benefícios um produto ou atividade produzirá e, às vezes, como irá acontecer. As proposições de valor para iniciativas da Qualidade 4.0 se enquadram em seis categorias:

  1. Aumentar (ou aperfeiçoar) a inteligência humana.

  2. Aumentar a velocidade e a qualidade da tomada de decisão.

  3. Melhorar a transparência, a rastreabilidade e a auditabilidade.

  4. Antecipar-se às mudanças, revelar preconceitos e adaptar-se às novas circunstâncias e aos novos conhecimentos.

  5. Evoluir nos relacionamentos, nos limites organizacionais e no conceito de confiança para revelar oportunidades de melhoria contínua e novos modelos de negócios.

  6. Aprender a cultivar a autoconsciência e outras consciências como habilidades.


As iniciativas da Qualidade 4.0 podem ajudar a adicionar inteligência ao monitoramento

e ao gerenciamento de operações ou permitir o monitoramento remoto

para melhorar a produtividade ou a confiança dos operadores.


Pense em como adicionar recursos humanos, em vez de como substituir pessoas em seus processos.

A Manutenção Preditiva pode ajudar a antecipar falhas de equipamentos e a reduzir de forma proativa o tempo de inatividade.


As iniciativas da Qualidade 4.0 podem ajudar a avaliar o risco da cadeia de suprimentos de maneira contínua ou ajudar a decidir se deve ou não tomar ações corretivas.

As iniciativas da Qualidade 4.0 também podem ajudar a melhorar a segurança cibernética: os processos de documentação e benchmarking podem ajudar a empresa a detectar anomalias e entender o desempenho esperado para que possíveis ataques cibernéticos sejam detectados de forma mais eficaz.

Quando se pensa em rastreabilidade, se a garantia de qualidade for digitalizada, a qualquer momento pode-se fazer a rastreabilidade completa de cada lote. Isso facilita a identificação da origem do erro em caso de mau funcionamento e reduz os riscos de responsabilidade. Além disso, possíveis erros ou configurações incorretas podem ser detectados imediatamente e as máquinas informam imediatamente se a manutenção é necessária.

O aumento da variação do produto, criado nos ciclos cada vez mais curtos e na criação de valor em todo o mundo, aumentam os riscos e custos em termos de qualidade. Embora a mudança tecnológica imponha novas demandas à qualidade, os instrumentos digitais são ao mesmo tempo a chave para complementar a garantia de qualidade clássica e, portanto, alcançar um nível de qualidade mais alto.


A digitalização promete um alto valor agregado em áreas tais como: métodos digitais para garantir a qualidade da ideia à entrega, redução de gastos em qualidade por meio da detecção preventiva de erros, aquisição e análise de dados de qualidade em relação às necessidades, uso de sensores para entender melhor o processo e uso de dados inteligentes para aumentar a qualidade do produto e do processo.

Abordagem da qualidade 4.0

De acordo com o TQU GROUP, as etapas para a abordagem em relação à Qualidade 4.0 podem ser as seguintes: processos reproduzíveis; disponibilidade na planta dos sistemas de medição; medições de tempo; gerenciamento de interface dos sistemas de medição; tradução dos requisitos do cliente em características do produto (planejamento de inspeção); divisão dos processos de produção em subetapas; atribuição no plano de inspeção de subetapas para produto e recursos; tradução de Big Data em Smart Data e atribuição de métodos de teste para etapas de processamento não seguras.

Conclusão:

O TQM, gerenciamento da qualidade total, vem sendo estudado e aplicado há décadas, mas as novas tecnologias e modalidades de trabalho nesta 4ª revolução industrial e a garantia da qualidade em fábricas inteligentes ainda representam um problema em desenvolvimento.


A Qualidade 4.0 deve representar a possibilidade de conexão da produção de ponta a ponta, a rastreabilidade de produtos garantindo sua autenticidade e

a imutabilidade das informações dentro da cadeia de suprimentos e logística.


As análises e tomadas de decisão passam a ser mais ágeis e assertivas. O aumento de dispositivos inteligentes integrados em toda a cadeia produtiva é a marca da 4ª Revolução Industrial, onde dados estão disponíveis em tempo real e/ou em grandes bancos de dados.

A introdução de inteligência digital e automação nos processos possui o poder de criar valor ao produto.

As razões para se investir na Qualidade 4.0 podem ser resumidas da seguinte forma:

  1. Transparência: Processos claros para toda a organização; Todos os dados disponíveis em tempo real; Acompanhamento contínuo dos resultados.

  2. Integração: Conexão entre as diversas áreas da indústria; Fim de processos manuais de captura de dados.

  3. Produtividade: Mais agilidade na realização de auditorias; Análises de dados mais rápidas e assertivas.



Sobre os autores:

Sergio Salimbeni

Especialista em desenvolvimento de negócios, projetos e gerenciamento de processos, na América Latina. Também atuou como executivo no Brasil.

Professor e Pesquisador no Instituto de Ciência e Tecnologia na USAL Argentina.

Mestre em Negócios e PhD em Administração.

Membro da Interactti – Rede de Empreendedorismo e Negócios

Linkedin

Carla Sandler

Especialista e Mentora em Processos Industriais, Melhoria Contínua e Indústria 4.0

Mestre em Ciências pela USP .

Membro da Interactti – Rede de Empreendedorismo e Negócios.

Linkedin


Gostou desse artigo? Então curta, comente e compartilhe com sua rede!



 “Abrir a nossa mente para novas possibilidades amplia a nossa visão de vida e nos motiva

a definir estratégias para a construção do futuro que queremos.”  Simone Basile 

© Copyright  2014 / 2019   Todos os direitos Reservados Interactti

Telefone 55 11 94538 6527