Novos tempos...Rumo à Sociedade 5.0.. E onde estamos nas Relações Humanas? 4.0;3.0;2.0 ou 1.0?

Atualizado: Ago 25


Eis uma constatação. O mundo casou com a tecnologia!

Isso mesmo. E estão casados para sempre.

Mas esse casamento não é com uma tecnologia qualquer, e sim com uma tecnologia associada à inovação e, porque não dizer, a uma revolução. O resultado desse casamento é uma vida transformada com grandes mudanças e que exige um novo mindset para todos, sem distinção.

E quem será acolhido na vida e no mundo dos negócios? Aqueles que não resistirem se dispondo a saírem da zona de conforto, e a se transformarem junto com esse novo mundo que aflora.

E aqui temos o grande desafio. Acelerar a transformação das relações humanas para acompanhar essa transformação digital, que une tecnologia, inovação e revolução visando à solução de problemas complexos e busca de melhores resultados.

Dito isso, é preciso ter estratégias bem definidas no que se refere a conciliar o avanço da tecnologia com o avanço das relações humanas inclusive no ambiente de negócios, pois os profissionais tendem a ser um dos principais pilares para sustentar e fomentar essa transformação na Era Digital considerando seus conhecimentos, visão e suas habilidades desenvolvidas ao longo do tempo, desde que dispostos a se transformarem também.

Mas aí chega a Pandemia. Essa crise pode nos ajudar ou atrapalhar nessa conciliação da velocidade da tecnologia com a transformação do nosso mindset?

A Pandemia é algo inédito em nossas vidas. O isolamento e distanciamento social obrigatório e correto nos fazem refletir sobre como será o trabalho pós-pandemia. E também nossas posturas e atitudes frente a algo nunca antes experimentado.

Um pós-pandemia fora da zona de conforto e sem a mesmice? A conferir...

As transformações já ocorridas e em construção, caminhando com a pandemia nos mandam um aviso e, ao mesmo tempo, um questionamento sobre como andam as nossas capacidades de criar, inovar, nos relacionar e liderar. Como estamos lidando com a singularidade e também com a própria tecnologia.

A acelerada transformação da sociedade, dos modelos de indústrias, da saúde, da educação, já vem impactando no modo como encaramos vida pessoal e vida profissional, na forma de nos relacionarmos e na forma de aprendermos.

Mas vem aí mais uma grande transformação. Estamos rumo a Sociedade 5.0.

E o que é a Sociedade 5.0? E como surgiu?

Os primeiros estudos e experiências da Sociedade 5.0, são oriundos do Japão em 2016, quando o governo lançou o 5º Plano Básico de Ciência e Tecnologia. Foi elaborado um documento que define políticas de inovação a serem estimuladas pelo país até 2021.

Simplificadamente, Sociedade 5.0 é um modelo que visa convergir a utilização das tecnologias pilares da Indústria 4.0 e das inovações para o atendimento das necessidades da sociedade, buscando alcançar solucionar os grandes desafios, trazendo mais qualidade de vida e bem-estar. A ideia é prover soluções tecnológicas para a população a qualquer momento e em qualquer hora.

O fato é que esse novo modelo de sociedade irá exigir das pessoas um novo modelo mental e por consequência comportamentos antenados para a busca constante do desenvolvimento de suas habilidades e comportamentos.


Portanto, a sociedade do futuro exigirá a construção de novos valores, onde sociedade, tecnologia e inovação se unirão cada vez mais para a busca do bem-estar e de um desenvolvimento mais sustentável. Possivelmente, será uma sociedade com valores que prezem mais a colaboração e a união de esforços e ideias.

Algumas perguntas para nossa reflexão:

Será que estamos evoluindo nas relações humanas, de forma a atender esse novo modelo de sociedade que vem por aí?

E se não estamos evoluindo na mesma velocidade no campo das relações humanas o que precisamos fazer para darmos o grande salto?

Provavelmente o maior desafio será o de termos a motivação necessária para essa transformação pessoal e coletiva.

E esse grande salto precisará ser dado tanto nos aspectos pessoais quanto no ambiente de negócios para que possamos extrair o melhor da união da tecnologia, inovação e relações humanas na condução de negócios transformadores.

E aí temos mais algumas reflexões:

Como ter essa motivação necessária para a transformação pessoal e coletiva?

E qual seria o papel das lideranças na condução dessa transformação?

Bem, essa é uma reflexão que pretendemos trazer para você em breve, num outro artigo.

Mas gostaríamos de saber sua opinião: Em qual estágio você acredita que estamos no campo das Relações Humanas? 4.0? 3.0? 2.0? 1.0?

Autoria:

Luiz Alvarenga Torres

Especialista e Mentor em Aspectos Humanos nos Negócios, Inovação e Liderança Empreendedora.

Membro da INTERACTTI – Rede de Empreendedorismo e Negócios.

Linkedin


 “Abrir a nossa mente para novas possibilidades amplia a nossa visão de vida e nos motiva

a definir estratégias para a construção do futuro que queremos.”  Simone Basile 

© Copyright  2014 / 2019   Todos os direitos Reservados Interactti

Telefone 55 11 94538 6527